Disfunção erétil: No meio da relação Amolece

A Organização Mundial de Saúde (OMS) descreve a disfunção erétil como uma incapacidade recorrente, ou persistente de começar ou manter uma ereção por tempo suficiente para realizar a atividade sexual de maneira satisfatória. Muitos homens se queixam que no meio da relação amolece, pode ser considerado uma disfunção erétil, é preciso estar atento a possíveis repetições.

Ou seja, é quando o homem até consegue ter uma ereção, mas não com duração suficiente para completar o ato sexual. Essa é a situação mais comum, já em casos mais graves o homem não consegue nem mesmo ter a ereção.

No entanto, diferente do que você pode achar, ou ouvir falar, isso não quer dizer que ele não sinta desejo sexual pela parceira, mas sim que há algo de errado na sua saúde.

A disfunção erétil atinge metade dos homens com idade próxima aos 40 anos e não deve ser ignorada.

Portanto, para que você possa entender melhor, citaremos tudo a respeito da disfunção erétil, mostrando as suas principais causas e tratamento.

No meio da relação amolece? Veja as causas

Uma dúvida que você pode ter, principalmente se estiver sofrendo com esse problema, é o que leva ele a acontecer.

Até porque, grande parte dos homens que vem a ter essa doença, muita das vezes ocorreu no decorrer da idade, sem ao menos entender o motivo para isso.

Atualmente, o motivo da disfunção erétil pode ser bem variado e até combinar mais de um fator.

Os principais são:

  • Problemas hormonais; cardiovasculares; neurais; psicológicos; e dentre outros
  • Cirurgias recentes;
  • Uso de medicamentos;
  • Consumo de bebida alcoólica e cigarro;
  • Ansiedade;
  • Estresse.

Lembrando que vários outros fatores podem levar a esse problema de disfunção, onde só quem pode confirmar é um médico especialista.

Tenho 40 anos e no meio da relação amolece

no meio da relação amolece

Conforme abordamos no tópico anterior, a disfunção erétil pode ter várias causas, umas das principais, geralmente é o uso de medicamentos, mas vale lembrar também que a testosterona do homem após os 30 anos.

Chegando aos 40 anos, o homem passa a ser mais sedentário, diminui as atividades físicas e os problemas diários, como cuidar da família, filhos e do dia a dia, passam a ser estressantes para o homem, que se não prestar atenção, pode ter disfunções sexuais.

Mudanças de hábito que ajudam a melhorar a disfunção erétil

Pode parecer pouco, mas mudar alguns hábitos simples do dia a dia ajuda sim, no tratamento da disfunção erétil.

Até porque, você precisa saber que muitos especialistas, afirmam que apenas a mudança de hábito é suficiente para acabar ou amenizar esse problema.

Confira algumas mudanças de hábito que ajudam a melhorar esse problema e não acontecer de no meio da relação amolecer:

Alimentação saudável

alimentos saudaveis

Uma alimentação saudável e balanceada é capaz de ajustar os níveis hormonais e assim ajudar no combate à disfunção erétil.

Além disso, uma boa alimentação ajuda na perda de peso, que é um dos fatores que agrava o problema de dificuldade de ereção.

Portanto, uma alimentação saudável é um dos principais hábitos que deve ser considerado por quem sobre com esse tipo de problema.

Beber muita água

beber agua

A água é importante para a manutenção de todos os processos do organismo. Um desses processos é a circulação sanguínea.

Dessa forma, ingerir a quantidade ideal de água todos os dias ajuda a melhorar o fluxo de sangue que chega ao pênis.

Prática de atividade física

atividades físicas ajudam No meio da relação Amolece

Praticar atividades físicas regularmente, ajuda a melhorar o funcionamento cardiovascular e regula taxas hormonais.

Além disso, sem contar que ele pode reduzir sintomas como ansiedade e estresse, que como você já viu, estão dentre as principais causas desse problema.

Tempo de relaxamento

É muito importante ter um momento no dia para relaxar, mesmo que sejam poucos minutos após o trabalho.

Isso desliga a cabeça dos problemas deixados na empresa e permite o relaxamento, o que pode favorecer a uma má ereção.

Tratamentos para a disfunção erétil

Existem diversos tratamentos com resultados comprovados no combate à disfunção erétil.

Desse modo, a escolha do melhor tipo vai depender da causa do problema.

Ou seja, mais uma vez, vamos frisar que o ideal é procurar um urologista para que ele possa indicar a opção correta para o seu caso.

Para que você possa conhecer mais de perto, confira os principais tipos de tratamento disponíveis hoje em dia para esse problema:

Medicamentos

O primeiro tipo de tratamento é o medicamentoso, isso caso não fique comprovado que a disfunção não seja apenas devido a um desarranjo hormonal. Mas se no meio da relação amolece, você pode tentar alguns medicamentos, sempre com acompanhamento médico.

Os principais medicamentos mais utilizados nos tratamentos são: Viagra (sildenafila), Levitra (vardenavila) e Cialis (tadalafila), mas pode-se usar também versões de viagra natural como suplementos alimentares.

Todos esses ajudam a potencializar a ereção por 4 horas e alguns chegam a oferecer efeito por até 36 horas.

Na maioria dos casos, eles normalmente são indicados para homens em momentos de muito estresse ou com idade mais avançada.

Mas, se você tiver problemas cardíacos ou até mesmo renais, esse tipo de tratamento não é o mais indicado.

Isso porque, esses medicamentos, pelo menos grande parte deles, possuem contra indicativos para esses casos.

Portanto, é essencial que você nunca faça o uso de qualquer medicamento por conta própria.

Psicológico

Caso você não saiba, grande parte dos casos de disfunção erétil é relacionado ao estresse do cotidiano ou ao momento que o relacionamento está passando.

Por isso o tratamento psicológico com terapia é muito indicado.

Inclusive, para homens que sofrem com a disfunção erétil há muito tempo e hoje sentem insegurança, a terapia pode ajudar a controlar o problema.

Hormonal

A baixa produção de testosterona e diabetes descompensada são dois dos principais problemas hormonais que causam problemas de ereção e no meio da relação amolece.

Assim, a busca por um endocrinologista é essencial para garantir o controle das taxas hormonais.

Por fim, caso você não saiba, na maioria dos casos de tratamento hormonal, tudo é feito apenas com medicamentos.

Injeção peniana própria para disfunção erétil

Quando o paciente não pode usar os medicamentos já listados, existe a opção da injeção peniana.

Essa é uma injeção (indolor), aplicada no pênis antes da relação sexual.

Além disso, existem também outras formas de tratamento, mas usadas apenas para casos mais extremos.

Geralmente, os tratamentos acima descritos resolvem bem o problema e de maneira mais definitiva.

Considerações finais

Querendo ou não, a disfunção erétil é algo que atinge grande parte dos homens e todo o mundo, e de forma alguma deve ser levado como algo normal. Se você não quer que no meio da relação amolece, considere-se ter que mudar de hábitos para hábitos mais saudáveis, a fim de minimizar os problemas.

Portanto, depois de tudo que foi dito, você pôde conhecer tudo sobre esse problema, conhecendo principalmente, as suas formas de tratamento.

Nos vemos em breve.

Publicado por Canal Minas Saude

O Canal Minas Saúde Web Blog e Educação a Distância é uma rede estratégica multimídia para o desenvolvimento do programa de educação permanente a distância da Saúde de Minas Gerais em parceria com a Fundação Biricutico. Além de cursos de capacitação voltado para os gestores e profissionais da saúde, o objetivo é fortalecer o Sistema Saudável por meio de ações de promoção da saúde. Uma das questões essenciais para a saúde pública é capacitar pessoas, em especial os trabalhadores da saúde. Com a rede Canal Minas Saúde é possível democratizar conhecimento e criar protocolos, possibilitando que a mesma informação chegue aos profissionais espalhados pelo estado, de modo que os cerca de 19 milhões de mineiros tenham saúde de qualidade. O Canal Minas Saúde possui um portal na internet com mais de 2 milhões de acessos que reúne todo o material audiovisual produzido, além de amplo conteúdo informativo que se expande também para as redes sociais. Atualmente, como TV corporativa, o Canal possui mais de 11 mil pontos de recepção do sinal, via satélite, alcançando, por exemplo, as Unidades Boas de Saúde, secretarias municipais de Saúde, unidades hospitalares e unidades Farmácia de Minas.

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: